Os transformadores da realidade

A construção da cidadania depende, entre outros fatores, da participação popular. O projeto Núcleo de Justiça Comunitária do Programa Nacional de Segurança e Cidadania (PRONASCI), implementado no Guajuviras pela prefeitura municipal de Canoas, é um exemplo disso. Mesmo quem não tem idéia de como funciona o judiciário sabe da morosidade para chegar a instância final, ou seja, aplicar de fato a lei. É preciso urgência para desafogar a enormidade de processos que impedem o sistema de respirar. É aí que 21 moradores do Guajuviras entram nesta história. Durante três meses eles foram capacitados para se tornarem mediadores de conflitos, tanto para impedir que alguns casos parem na justiça, como para prevenir a violência e estreitar relações. Formados, na última sexta-feira (21) esses cidadãos tem hoje muito mais do que a missão de intermediar brigas de vizinhos ou de comerciantes com seu clientes, eles são transformadores da realidade. Pessoas que ouvem com atenção o problema que poderá ser resolvido com uma palavra bem colocada ou um gesto de atenção a proposta de um novo caminho.

Desde que foi inaugurado, em junho de 2010, o Núcleo de Justiça Comunitária do Guajuviras (NJCG) contabilizou 507 atendimentos, o que representa 70,4% da meta inicial. Por atendimento entende-se: todo tipo de serviço prestado no NJCG, sejam orientações jurídicas, sociais e psicológicas, convites, pré-mediações e mediações. Os casos mais recorrentes no NJCG são os de família (41,98%), vizinhança (13,2%) e violência e violação dos direitos humanos (9,9%).

O número de atendimentos expressa um reconhecimento do espaço por parte da comunidade e revela de maneira concreta a importância deste equipamento público na vida comunitária. Firma-se, portanto, a construção coletiva da democratização do acesso a informação, do diálogo e, sobretudo, da coesão comunitária.

A FORMATURA DOS MEDIADORES

A solenidade aconteceu no CAIC na sexta-feira, 21. Reuniu familiares dos 21 agentes comunitários, integrantes de outros projetos sociais do bairro e autoridades. O certificado foi entregue pelo prefeito de Canoas, Jairo Jorge. Enquanto a alegria de ter cumprido o desafio tomava conta, a agente recém formada Bárbara Rejane Gomes, revelava que a experiência lhe ensinou a lidar melhor com as pessoas. “É muito bom amenizar a relações de conflito” comemorou.

Na mesa das autoridade estavam: a paraninfa, madrinha da turma, a coordenadora do projeto Lúcia Grassi, o subprefeito da região nordeste Chico da Mensagem, Helena Bonumma da OSCIP Guayi (entidade sem fins lucrativos parceira do projeto), o secretário de Segurança Pública e Cidadania Eduardo Pazinato e o prefeito Jairo Jorge.

Em seu discurso, a oradora da turma Janaína Sarmento comparou os agentes as borboletas, pelo processo de transformação que sofrem e clamou: “que os agentes se envolvam cada vez no processo de mediação”.

Pazinato embargou a voz de tanta emoção ao relatar a inédita experiência vivida no NJCG. “Chegar a etapa final é um momento de reconhecimento. Esse projeto tem sim haver com segurança pública, não é só a tecnologia que ajuda no combate a criminalidade. É preciso participar da vida comunitária, no papel de auxiliar no processo de construção da coesão social, da solidariedade e da promoção da paz, por meio de atividades de informação jurídicas e de políticas sociais” afirmou.

O prefeito Jairo Jorge homenageou os agentes comunitários lembrando a história de luta dos moradores do bairro que no dia d17 de abril de 1987, ocuparam o lugar, se tonando uma das mais conhecidas ocupações do sul do Brasil. Jairo lamentou a perda da justiça nesses 24 anos sem o olhar atento dos governos.”Vimos crescer a violência o que retraiu a população para suas casas, mas hoje vemos a retomada do território na busca pela paz.”

Formados, os agentes seguem atendendo e serão educadores da próxima turma que está por vir. O NJCG fica localizado na Av. 17 de Abril, 1010, está aberto à comunidade de terça à sexta-feira, das 15 às 21h. O telefone é 3478-4666.

Fonte: Prefeitura de Canoas

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Os transformadores da realidade

  1. Daiane lombardo disse:

    Parabéns a todos nós formandos! É cada vez mais gratificante o nosso trabalho exercido com tanto desempenho nessa comunidade linda… Guajuviras! Cada vez mais admiro esse bairro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s