Municípios gastam 30% menos com medicamentos através do Consórcio Metropolitano

Uma economia de R$ 14 milhões nas contas de 11 municípios é o resultado do pregão eletrônico para a compra de medicamentos realizado pelo Consórcio Metropolitano da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal). O anúncio foi feito nesta sexta-feira (9) pelo coordenador executivo do consórcio, Alberto Kopittke, e pelo seu presidente e prefeito de Canoas, Jairo Jorge.

A redução média de 30% no valor dos medicamentos para as farmácias básicas das cidades foi possível através da união dos municípios e da eliminação de intermediários, propiciadas pelo consórcio. “Todos os municípios tiveram altos ganhos”, afirmou Kopittke, ressaltando que, ao contrário do esperado, mesmo as grandes cidades se beneficiaram. Porto Alegre, por exemplo, economizou 25%, enquanto Gravataí registrou uma redução de quase 35% no preço dos medicamentos.

Um total de 210 milhões de unidades de 141 remédios está sendo comprado em conjunto, o que permite que o preço final caia dos R$ 44 milhões que seriam investidos se cada cidade comprasse separadamente para R$ 30,4 milhões, uma economia que superou as expectativas dos organizadores.

Das 39 empresas que participaram do pregão eletrônico, 30 ofereceram os melhores preços e agora passarão por um processo de habilitação das propostas, que depois serão homologadas. A partir de então, será feita a compra, o que deve acontecer em cerca de 20 dias.

Quem mais ganha são os moradores dos municípios consorciados, já que “as cidades vão poder investir mais em outras áreas”, segundo o prefeito. Além da economia, a compra compartilhada também agiliza o processo, porque o consórcio se responsabiliza pela distribuição dos medicamentos, de forma unificada. Problemas no fornecimento são uma das principais causas de falta de remédios nas farmácias. Fornecedores que sofreram penalidade nos municípios consorciados não participaram do processo licitatório.

“Agora já começamos a estudar outras ações, já que tivemos sucesso. Este foi apenas o primeiro pregão, com quase 150 itens. A gente tem potencial pra fazer muito mais, com até mil itens”, comemorou Kopittke. Entre as ações a serem implementadas em breve pelo consórcio está a da cerca eletrônica, prevista para o início de abril. O sistema de segurança de inteligência já tem o acordo do governo do estado.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s