Bancos dos EUA e da Europa ficam com 97% dos recursos do tráfico de drogas

Uma pesquisa inédita divulgada essa semana pelo jornal inglês The Guardian, intitulada Anti-Drugs Policies In Colombia: Successes, Failures And Wrong Turns, realizada por Alejandro Gaviria e Daniel Mejía, traz a comprovação do fracasso da chamada Guerra às Drogas, em curso desde 1970.

A pesquisa demonstrou que mais de 97% dos recursos provenientes do tráfico de cocaína da Colômbia fica em bancos dos EUA e da Europa. A importância desse estudo é demonstrar o quanto o foco da chamada Guerra às Drogas está equivocada.

Essa Doutrina, lançada nos Estados Unidos na década de 70 e que vem sendo aplicada em toda a América Latina tem como foco a repressão a oferta de drogas, nos países produtores e que serviriam como rota de distribuição das drogas.

Mas na realidade o resultado nos últimos 40 anos é um aumento exponencial de prisões e mortes de jovens pobres das periferias das grandes cidades da América Latina, sem que se consiga conter o aumento do consumo de drogas em todo o mundo.

O verdadeiro enfrentamento ao tráfico internacional de drogas deveria ter como foco a repressão a lavagem de dinheiro, realizada por dentro do sistema financeiro internacional, como comprovou a pesquisa.

No entanto, enquanto as cadeias estão superlotadas de jovens pobres, é muito raro ver algum milionário sendo preso por esse crime, em qualquer países do mundo, especialmente onde circulam 97% do dinheiro do tráfico internacional.
Leia mais em: Investigação revela que bancos ocidentais levam a maior parte do negócio da cocaína – Metamorfose Digital

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s